Estudar na Austrália Estudar no Canáda Estudar na Europa

Estudar na Noruega

A Noruega tem apostado na internacionalização do seu sistema de ensino assumindo o compromisso de captar e consolidar postos de trabalho por profissionais qualificados que são essenciais ao país.

As instituições e estabelecimentos educacionais mantêm um amplo e contínuo esforço para cativar e agilizar o acesso à frequência de estudantes internacionais no ensino superior e neste momento já existem para cima de 200 cursos de mestrado em variadas áreas de estudo, todos lecionados em Inglês. Algumas instituições também já o fazem relativamente às licenciaturas.

Para quem quiser frequentar o ensino público, este é inteiramente gratuito!

A Noruega tem cerca de 15 000 estudantes universitários oriundos de variadas regiões do planeta. Seja através de programas de câmbio escolar, acordos institucionais ou por iniciativa própria, os estudantes encontram no ensino superior norueguês um leque de cursos nas mais diversas áreas.

A área da investigação também tem crescido e tem sido um ponto estratégico para o qual há um contínuo investimento no caminho de se tornar líder internacional em áreas como:

  • Mar
  • Energia e clima
  • Medicina
  • Comunicação
  • Nanotecnologia

A grande qualidade e grande flexibilidade são marcas que se evidenciam no sistema de ensino norueguês onde poderás contar com estabelecimentos sempre muito bem equipados e preparados para formar os seus alunos.

É um país privilegiado para estudares e em simultâneo estares em contacto com as actividades “outdoor”. No Inverno ou no Verão poderás ter experiências únicas como assistir ao sol da meia-noite, às auroras boreais, disfrutar dos fiordes, glaciares e das altas montanhas.

O património natural é imenso e com certeza não quererás perder essa riqueza enquanto lá estudares!

Outros pontos de interesse acerca do Noruega:

Rounded Corner: Top-right
 
Rounded Corner: Top-right
 
  • Área: A Noruega situa-se na parte ocidental da península escandinava, faz fronteira com a Suécia, Finlândia e Rússia e tem uma área cerca de 4 vezes o tamanho do território português.
  • População: Tem aproximadamente 4.9 milhões de habitantes (cerca de metade da população de Portugal). As cidades com maior concentração de população são: Oslo, Bergen, Trondheim, e Stavanger. A maioria dos noruegueses são de origem norueguesa mas destacam-se mais 2 minorias nacionais conhecidas por os lapões e os Kven. Nos últimos anos a imigração tem sido responsável por mais de metade da população com gente vinda de variadas partes do mundo.
  • Clima: O clima da Noruega está sob influência oceânica, continental, subártica e alpina. De uma forma geral pode-se dizer que tem Verões amenos e Invernos longos e rigorosos. Obviamente, as infra-estruturas do país estão muito bem adaptadas a esta realidade.
  • Qualidade de vida: A Noruega mantém o modelo social escandinavo, baseado na saúde universal, no ensino superior subsidiado e num regime abrangente de previdência social. É considerado o melhor país para se viver e com o maior índice de desenvolvimento humano do mundo.
  • Economia: Os noruegueses possuem um dos três maiores PIBs per capita do mundo. A economia do país é considerada mista, ou seja, baseada na combinação de um estado social desenvolvido e intervenção estatal em sectores chave do país com um mercado livre capitalista.
  • Segurança: Foi avaliado pelo Índice Global da Paz como sendo o país mais pacífico do mundo.
  • Saúde: O modelo social escandinavo baseia-se na ideia de saúde universal.
  • Educação: Tem algumas das melhores universidades do mundo: 3 no TOP 6 e 19 no TOP 100 de acordo com o QS World University Rankings de 2012/2013. Destino nº1 para quem quer aprender ou melhorar o seu inglês.
  • Transportes: Sendo um território com pouca densidade populacional e de longo litoral com as principais cidades aí localizadas, a Noruega não tem um desenvolvimento tão grande da rede de transportes públicos quanto outros países europeus mas em compensação possui uma longa tradição nas deslocações em transporte aquático. Em todo o caso, desde os últimos anos para cá estão a investir no desenvolvimento das redes ferroviárias, rodoviárias e aéreas no seu território.
  • Trabalho:  Os estudantes podem trabalhar em paralelo com os estudos. É sempre uma boa oportunidade de ganhar experiência profissional e experiência profissional.
  • Salário: Em regime part-time, um estudante pode ganhar um bom complemento para os gastos decorrentes da sua estadia no Noruega.
  • Pós-Formação: Há um mercado que procura constantemente colmatar a falta de profissionais qualificados dentro de áreas como a engenharia, sectores da saúde, construção, restauração entre outros.
 
Rounded Corner: Top-right
 
Rounded Corner: Top-right

Navega no menu à esquerda e descobre o que temos para ti na Noruega!

Contactos


216 048 022